Sandra d'Andrade

Com fortes influências do seu pai (cantor Pop/Rock) e da sua avó (Fadista), Sandra d’Andrade cedo despertou para a música e para o canto. Iniciou os seus estudos musicais com 9 anos, desenvolvendo alguns conhecimentos em flauta, guitarra e piano, mas foi com 14 anos que descobriu o gosto pelas aulas de canto. Estudou durante alguns anos com professores de canto particulares e frequentou cursos de canto de curta e longa duração até concluir o curso geral de Canto na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa.

 

Prosseguiu os seus estudos frequentando o curso internacional de música, variante canto, com Elizabete Matos e Enza Ferrari, seguindo para o aperfeiçoamento em canto lírico pela Fundação Calouste Gulbenkian com Tom Krause, Escola Superior de Madrid.

 

Sempre em busca de novas metodologias e outras técnicas de canto moderno, Sandra estudou os métodos de canto Speech Level Singing, Estill Voice Training e Complete Vocal Technique.
Concluiu o curso intensivo de música jazz, variante canto, com Mário Laginha, Pedro Moreira e Joana Rios e realizou ainda um curso intensivo de terapia da fala, onde adquiriu conhecimentos de prevenção e potencialização das capacidades da voz e da comunicação.

 

Para além da formação específica em canto, Sandra concluiu o curso de formação de atores, na Inimpetus. Fez curso de interpretação para TV, com André Cerqueira. Frequentou um workshop de dobragens, na Zov e frequentou o curso de pedagogia musical, nível I, II e III com Joss Witack.

 

Sandra d’Andrade é uma formadora certificada.

 

Dos seus projetos mais recentes, destaca-se a participação no Festival Eurovisão da Canção em 2018, no Altice Arena, como uma das vozes de suporte do Azerbeijão.

 

Como cantora e atriz, participou no Musical ‘Música no Coração’ por Filipe La Féria, ‘A casa de Bernarda Alba’ de Federico García Lorca, ‘Desabafos da morta não falecida’ de Manuela Passarinho.

 

Participou em concursos e programas televisivos como ‘Chuva de Estrelas’ na SIC, ‘Corpo e Alma’ com Cristina Caras Lindas, ‘Noites Interativas’ com Luísa Castel-Branco.
Foi convidada para uma entrevista exclusiva de reportagem do telejornal na RTP1, com a temática ‘o canto e a voz’. Deu também entrevistas em várias rádios sobre a saúde e importância da voz.

 

Integrou, como vocalista, em bandas Pop e Rock. Fez recitais e concertos em vários palcos como, Teatro Armando Cortez, Casa do Alentejo, Fórum Lisboa, Teatro Maria Matos, Aula Magna e Teatro Rivoli. Foi cantora convidada para as galas a favor da APADP, durante 5 anos consecutivos. Em 2018 foi convidada para cantar nas cerimónias da Peace Run em Lisboa.

 

Participou como cantora na gravação de 6 álbuns infantis, inserido num projeto de metodologias para o ensino da expressão musical. Foi convidada para participações vocais em peças de teatro e em gravação de CD’s, por artistas nacionais.

 

Vocal coach, professora de canto e técnica vocal desde 2001, lecionou em várias escolas, no distrito de Lisboa. É também professora de expressão musical para crianças e regente de coro adulto e infantil.

 

Em 2010, Sandra d’Andrade sentiu necessidade de desenvolver um ensino artístico mais completo para cantores. Inaugura, nesse ano, a Academia de Canto e Performance ‘VoZes em ConSerto’, onde tem desenvolvido um trabalho notável com os alunos e professores. Desde então, são vários os artistas, cantores amadores e profissionais que têm procurado Sandra d’Andrade e a sua escola, para o treino das suas vozes e desenvolvimento artístico.

 

Sandra tem dedicado os últimos anos à criação e produção de espetáculos, onde integra ativamente os seus alunos. Os mais marcantes Vozes em Concerto’ que deu origem ao atual nome da Academia VoZes em ConSerto, ‘Live 60’s 70’s’, ‘O Som dos Sonhos’, Equilíbrio’, ‘O Natal da família Vozes’, Gala HeArt’, ‘A música é o nosso filme!’ e ‘O Trono da Pop’. Sandra d’Andrade proporciona; ainda, aos seus alunos, a participação em projetos artísticos para causas sociais e de solidariedade.

quero experimentar!